Advogado do Diabo – X Files (Resenha)

Advogado do Diabo – X Files (Resenha)

13 de junho de 2018 2018 Ficção Científica Livros 0

Título: O Advogado do Diabo – X Files Origens
Autor: Jonathan Maberry
Editora: Harper Collins
Número de Páginas: 320

Sinopse: Antes de entrar para o Arquivo X, antes de ser uma agente do FBI, antes de estudar medicina, Dana Scully era uma nerd excluída no novo colégio. Mas quando seus colegas começaram a falecer em circunstâncias suspeitas, ela talvez fosse a única capaz de impedir novas mortes.

 

 

O que falar desse livro?

Resumindo tudo é um dos piores livros que já li na vida, mas provavelmente não seria se não fosse por causa da série.
O livro vende a ideia de que saberemos o motivo da Scully ter virado cética e promete agradar tanto os fãs da série quanto quem nunca ouviu falar em Dana Scully. Só que é um livro ruim em todos os sentidos.

Eu levei em torno de um mês pra conseguir terminar a leitura e insisti apenas pra saber o que aconteceria no final e se teria alguma salvação milagrosa.

Como fã da série eu me senti até de certa forma insultada com esse livro. O autor conseguiu transformar uma personagem incrível e inteligente em uma adolescente mimada, arrogante, metida e patética. E eu não engulo a desculpa de que “ela tinha 15 anos então cometeu muitos erros antes de ser a Scully da série”. Não aceito que Dana tenha sido tão ignorante com seus 15 anos de idade. A personalidade dela no livro não tem absolutamente nada a ver com a da série, exceto raras menções sobre sua fé, o que realmente eu esperava ter sido a abordagem do livro.

Então não satisfeito com isso o autor coloca um romance bobo adolescente e transforma a personagem principal em uma quase ninja em seus últimos capítulos. Mas mesmo que não tivesse a série como fundo de inspiração o livro sozinho não se garante.

A escrita é simples mas muito cansativa em certos momentos e um tanto preguiçosa. E a história é extremamente mirabolante, mesmo para X Files. Eu talvez não teria odiado tanto se o protagonista nesta história fosse Mulder.

Esse livro me fez ficar bastante temerosa quanto ao que supostamente conta as origens de Mulder, da mesma editora inclusive:

Mas ao mesmo tempo penso que justamente por ser uma história sobre Mulder eu consigo aceitar bem mais um plot mirabolante.

E não confundam mirabolante (no sentido de fantasioso) com aquilo que insulta a inteligência do leitor. X Files: Origens – Advogado do Diabo usa explicações bobas para um plot preguiçoso. Fujam desse livro!

 

 

Por hoje é só!
Um beijo no queixo
Annie Bitencourt