Animais Não São Objetos

Animais Não São Objetos

25 de julho de 2017 2017 Annie 0

Vi um anúncio em um grupo de facebook que me deixou bastante chateada. Uma pessoa que tem um cachorro (acho que é um shitzu) e que “”””por falta de tempo”””” colocou o animalzinho a venda em um grupo de Brick (que é tipo um feirão/brechó). No anúncio ainda dizia “acompanha pote de água, ração, carteira de vacinação”.
Eu não sei se vocês sabem, muitos que leem o blog não me conhecem pessoalmente, mas não tem nada que me irrite mais do que tratarem os animais que nem objetos. Como um celular velho que você não quer mais você vende.

Uma das coisas que aprendi na vida foi a valorizar os animais. Eu sou totalmente contra a venda de cachorros, gatos ou seja lá o animal que for. É o mesmo peso de se vender uma criança. Eu vi esse anúncio e pensei nos diversos anúncios semelhantes que tem em sites como mercado livre, olx e semelhantes.

Entendam, ANTES de se pensar em pegar um cachorro você precisa considerar algumas coisas EXTREMAMENTE IMPORTANTES.

01 – Sua renda, seu financeiro mesmo. Porque um animalzinho é uma vida, precisa de cuidados, precisa de veterinários, banhos, alimentos.

02 – No caso de cachorros: ELES LATEM. No caso de gatos: ELES MIAM. Então não adianta você querer um bichinho e exigir que ele seja mudo. Afinal você não iria querer que te mandassem calar a boca toda vez que emitisse algum som não é?

03 – Assim como crianças os animais precisam de educação. Eu não sei dizer se dá para adestrar gatos mas com cachorros é tranquilo. Você não precisa sequer gastar muito pra ensinar o básico que é por exemplo onde é lugar certo para as necessidades ou coisas do tipo não sair roendo os móveis pela casa. Acreditem, a fase mais complicada dos cachorros é quando são filhotes e estão trocando os dentes, depois disso eles amadurecem e raramente vão aprontar alguma coisa.

04 – Aprenda a se comunicar com o animal. Não existe nada mais chato que tutor de cachorro ou gato reclamando que o bichinho não obedece e etc. Os animais tem sinais corporais bem específicos e acredite eles leem a gente como um livro. Então se você é uma pessoa estressada, irritável existe uma chance bem grande do seu bicho de estimação ficar assim. Os cachorros principalmente são muito observadores e acabam imitando certas coisas que fazemos. E assim como os humanos os animais também tem seus dias de pá virada onde só querem ficar deitados quietos.

05 – É muito importante ter cuidado na saúde do animal. Tratar pulgas e carrapatos, vermes, vacinar periodicamente e castrar. Tem gente que ainda é contra a castração. Mas vou ser bem breve aqui a respeito disso. No Brasil existem diversos, tipo MUITOS cachorros abandonados nas ruas e muitos que foram resgatados e estão esperando adoção. Eu acompanho uma ONG de Porto Alegre (Patas Dadas) e volta e meia eles noticiam que acharam mais um animalzinho perdido/abandonado. E não é só cachorrinho velhinho, a maldade humana é tanta que abandonam filhotes também, fêmeas prenhas.

06 – Tempo de sobra ou alguém com tempo de sobra. Se você quer um animal de estimação precisa pensar que tempo é algo importante. Como eu disse antes, são que nem criança. Você não vai sair pra trabalhar de domingo a domingo das 06h da manhã até as 23h da noite com uma criança de berço em casa sozinha chorando não é? O mesmo vale para os animais. Os gatos tem uma certa fama de serem mais independentes que cachorros mas ainda assim não são capazes de se alimentar sozinhos se ficarem tanto tempo fechados dentro de casa. Os animais precisam ter contato com o meio externo. Os cachorros por exemplo podem ficar muito agitados se não forem dar um passeio diário. Inclusive muitas reclamações de mal comportamento nos cães vem de tutores sem preparo que não levam os bichos para passear e não fazem nada para distrair a mente deles enquanto estão dentro de casa. E não falo de se dedicar horas e horas. Mas sim umas duas horas diárias para brincar com o bichinho, e 1h de passeio são suficientes. Com uns brinquedinhos espalhados pela casa o cachorro se distrai um pouco.

E por último

07 – CASO você tenha ganho um cachorro de presente (ENTENDAM QUE ANIMAIS NÃO SÃO OBJETOS ENTÃO NÃO DEEM ELES DE PRESENTE PARA NINGUÉM SEM ANTES CONVERSAR COM A PESSOA) e por mais que ame o animal sabe que não tem condições nenhuma para cuidar dele coloque-o para adoção mas não venda. Um cachorro ou um gato ou passarinho não são objetos que você coloca numa vitrine e pega uns trocados. Tenha essa consciência <3

Por hoje é só pessoal
Desculpa o excesso de irritação do post mas eu senti que precisava realmente falar isso.

Um beijo no queixo
Annie Bitencourt

Galera de Porto Alegre deem uma olhadinha no site do Patas Dadas e veja se você pode ajudar de alguma forma.
Se você conhece alguma ONG que cuida de animais e depende inteiramente de doações deixe um comentário falando a respeito e vamos todos ajudar esses seres lindos que tanto dependem de nós.

*Esse post NÃO é patrocinado 😉

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *