Dead By Daylight – EU JOGUEI!

Dead By Daylight – EU JOGUEI!

31 de março de 2018 2018 Jogos e Gameplays 0

Um tempo atrás fiz um post falando sobre Friday The 13th, que apesar de muitos bugs eu tinha adorado o jogo no geral. Claro, sou bem suspeita a falar a respeito afinal gosto bastante dos filmes do Jason (menos aquele do futuro que acho uó). Então descobri a existência de Dead By Daylight, que pelo que vi esse veio antes do jogo do Jason.
Fiquei super ansiosa pra jogar mas na época o meu notebook não rodava esse jogo (mal rodava o Friday The 13th), agora com pc novo resolvi testar o jogo.

De cara percebi que apesar de ter um estilo semelhante ao Friday The 13th o Dead By Daylight tinha diferenças gritantes. Ambos os jogos são slashers, resumindo. Um jogador assume o papel de assassino e os outros das vítimas/sobreviventes.
Enquanto no jogo do Jason você tem apenas o Jason como assassino (apenas mudando os visuais dos Jason de cada filme) no Dead By Daylight você já começa tendo umas 4 ou 5 opções de assassinos, e pelo que entendi cada um tem uma vantagem específica, eu no caso só joguei com o Trapper.

O modo de jogo com o assassino é um pouco diferente que jogar como sobrevivente. O primeiro é em primeira pessoa (que eu acho horrível) enquanto o outro é em terceira pessoa. Os sobreviventes andam muito rápido e na hora da fuga ainda temos a opção de derrubar coisas no caminho para dificultar para o assassino (o que eu achei bem legal).

Eu joguei por mais ou menos 40 minutos, umas 3 partidas, duas de assassino e uma de sobrevivente. Tive bastante dificuldade com as ações (me acostumei com Friday The 13th e acabei ficando bugada com Dead By Daylight) e com o objetivo do jogo. Achei os mapas muito escuros (até demais) e na maior parte eu ficava perdida sem saber o que fazer (tanto como assassino quanto como sobrevivente).

O gráfico do jogo é superior ao do Friday The 13th, o que para alguns pode ser algo mais vantajoso (eu não curti muito).

As DLCs do jogo são muito interessantes por darem novas opções de assassinos. Tipo: Michael Myers, Freddy Krueger e até a Amanda de Saw (Jogos Mortais).

Em Dead By Daylight você pode escolher se quer jogar como assassino ou como sobrevivente (o que é interessante). Como eu joguei sozinha (sobrevivente no caso) eu não tive uma experiência tão legal. E achei incrível ter sido uma das últimas a morrer afinal eu não sabia o que tava fazendo na maior parte do tempo.

Comprei o jogo por mais ou menos 30 reais e por ter tido uma experiência um pouco chata acabei devolvendo o jogo. No geral não achei ruim, apenas não funcionou pra mim. Achei complicado de jogar (lembrando que eu não tenho experiência com jogos) no geral e no final percebi que não valeria a pena manter o jogo, no caso se eu quisesse ter uma experiência bacana precisaria desembolsar um pouco mais para as DLCs.

 

Por hoje é só!
Um beijo no queixo
Annie Bitencourt

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *