2019 Annie Filmes

Os Canhões de Navarone / FILMES

The Guns Of Navarone / Os Canhões de Navarone
Direção: J. Lee Thompson
Lançamento: 1961
Elenco: Gregory Peck, David Niven, Anthony Quinn, Stanley Baker, Anthony Quayle e James Darren

Sinopse:
Grécia, 1943. Dois mil soldados britânicos perderam-se em Kheros. Exaustos e indefesos, eles têm apenas uma semana para partir, pois em Berlim o supremo comando do eixo determinara fazer uma demonstração de força no Mar Egeu, para fazer a Turquia entrar na guerra do seu lado. A demonstração seria em Kheros, sem valor militar, mas próximo à costa da Turquia. O melhor armamento alemão seria usado e assim os britânicos seriam facilmente dominados, a não ser que pudessem fugir antes. Porém a única rota de fuga possível estava bloqueada, pois dois canhões enormes controlados por um radar estavam em Navarone, uma ilha vizinha. Assim, um grupo aliado tem a quase impossível missão de escalar uma parede de rocha em Navarone e invadir uma fortaleza nazista, onde estão os canhões, que se não forem destruídos vão afundar diversos navios aliados, pondo um fim na tentativa de resgatar os soldados britânicos.

*****

Esse mês eu decidi fazer uma maratona dos filmes do Gregory Peck, e graças a isso acabei assistindo The Guns of Navarone.

Com mais de 2h30min de duração, cá entre nós eu nem acredito que consegui ver um filme com esse tempo, The Guns Of Navarone traz uma mistura agradável de aventura, guerra, drama e ação. É praticamente impossível assistir a esse filme e não lembrar de Bastardos Inglórios do Tarantino (que eu gosto muito). Personagens carismáticos, muita explosão e tiro, e um roteiro que te mantém com os olhos grudados na tela. Apesar de ser um filme bem longo ele não é nem um pouco monótono. O começo é um pouco lento mas depois o filme te deixa aflito e animado.

O filme, se eu não me engano, está disponível na plataforma do Google Play por menos de 3 reais para locação. Super indico, principalmente para a galera que curte ver um grupo de pessoas chutando as bundas dos nazistas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *