Precisamos Falar: Intolerância a Lactose (001)

Creio que já tinha criado aqui no blog uma espécie de “Precisamos Falar Sobre” que acabou causando polêmica e não tive paciência na época para os odiadores de plantão e acabei desistindo desse estilo de postagem. Agora depois de uns 2 anos (acho), resolvi ressuscitar o meu favorito motivo de tretas. Porém dessa vez não terá tretas. O novo Precisamos Falar será sobre coisas que eu acho interessante mais gente saber. E para estrear eu escolhi falar de Intolerância a Lactose, um tema que eu tenho bastante experiência.

01 – O que é Intolerância a Lactose?

Como o nome diz é intolerância a lactose , brincadeira, é a incapacidade do corpo de digerir a lactose (um açúcar encontrado no leite e seus derivados). A pessoa que tem intolerância ela não tem a enzima lactase no corpo.

02 – O que é lactase?

a principal função da enzima é quebrar as moléculas da lactose e depois convertê-las em galactose e glucose (biologia de ensino médio gente).

03 – O que acontece com uma pessoa que tem intolerância a lactose?

Isso é o que acontece
Falando sério agora, os principais sintomas são diarreia, náusea, dor abdominal, inchaço e vários gases. Mas a intolerância tem seus níveis também. Em alguns casos os sintomas são mais tranquilos e em outros a pessoa fica bem mal mesmo.

Eu tenho esse probleminha chato desde que nasci, porém agora com uns 19/20 anos eu passei a realmente ter sintomas bem fortes de intolerância. Cheguei a passar umas duas semanas com enjoo, vômitos e dor sem entender o motivo de estar tendo aquilo. Depois de um bom tempo que percebi que poderia ser intolerância a lactose e desde então passei a diminuir o consumo de leite. Porém isso não foi o suficiente, atualmente eu sinto os sintomas tomando meio copo de leite. Minha solução foi começar a tomar leite sem lactose. E apenas em último caso tomo leite com lactose se não tiver outra opção. Minha vida ficou muito melhor e agora eu realmente tenho uma certa preocupação toda vez que quero tomar algo que contenha leite.

Sinto falta de mais rótulos nos mercados indicando quais produtos tem ou não lactose (que nem essa do glúten). Aos poucos as opções de alimentos estão melhorando, já tem chocolate (ruim pra caramba mas tem), leite condensado, leite normal, yogurte.

Inclusive quero agradecer muito as marcas Piá e Piracanjuba pois são as que mais tem produtos voltados para os intolerantes. Pelo menos aqui onde moro. Já tem também marca de sorvetes aqui (também ruim, mas quebra o galho). E tem a opção de comprar a enzima lactase (que custa em torno de uns 50 reais) e você não precisar sair catando produtos específicos no mercado.

E para quem gosta tem as opções com soja (o bom, velho e caríssimo ADES).

Infelizmente não existe tratamento para intolerância a lactose. Mas se aprende a conviver tranquilo com isso.

Por hoje é só
Um beijo no queixo
Annie Bitencourt

Ps1.: Difícil é explicar para os parentes que você não pode tomar leite, eles sempre vão entender que é frescura.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *