Quatro Vidas de Um Cachorro (Resenha)

Quatro Vidas de Um Cachorro (Resenha)

21 de abril de 2018 2018 Comédia Drama Livros 0

Quatro Vidas de Um Cachorro

Autor: W. Bruce Cameron
Editora: Harper Collins
Título Original: A Dog’s Purpose
Ano: 2016
Páginas: 288
Página no Skoob: Quatro Vidas de Um Cachorro

Onde Comprar: Amazon

Sinopse: ”Em Quatro Vidas de Um Cachorro, você vai conhecer Bailey, um cachorrinho muito esperto, que vive em busca de um propósito para sua vida. Depois de vir ao mundo diversas vezes, ele se pergunta se algum dia encontrará sua verdadeira missão na terra. Muito mais do que apenas uma história apaixonante sobre animaizinhos de estimação, Quatros Vidas de Um Cachorro é um livro emocionante e, recheado de humor, que vai provar que o amor nunca morre, e, que o propósito de nossas vidas é mais simples do que imaginamos.

 

Eu normalmente demoro muito para ler um livro. Mesmo sendo algum que eu esteja gostando bastante da história. As vezes minha vista fica um pouco cansada de ler e as vezes eu acabo passando um tempo maior assistindo televisão ou jogando. Com Quatro Vidas de Um Cachorro isso foi um pouco diferente. Eu li o livro inteiro em 4 dias (o que pra mim é algo muito rápido) sendo que 100 páginas tinha sido em um único dia. Fiquei completamente fascinada com a história. Coisa que não aconteceu com Marley & Eu, por exemplo, que acabei até abandonando.

São apenas 288 páginas com um conteúdo fofo e até mesmo filosófico. Afinal o doguinho da história passa o tempo inteiro pensando qual seria o propósito dele. Uma questão que nós humanos estamos muito acostumados a fazer.

Eu achei incrível que a cada encarnação vinha uma vida completamente diferente. Uma hora era sobre um K9, outra hora um cachorrinho de fazenda, o nosso protagonista principal mantinha sua personalidade claro, mas cada dono era totalmente diferente um do outro. E a sensação que eu fiquei era que tinha lido 4 livros diferentes mas com uma história que se fechava no final.

O livro é narrado pelo próprio cachorro (que eu não vou colocar nome pois ele assume vários no decorrer da história) e podemos observar a visão dele sobre coisas normais para os humanos. Na maior parte ele só pensava em ganhar comida, carinho e diversão e talvez por causa disso mantinha uma visão bastante otimista sobre tudo, inclusive na hora das suas mortes (uma lição para quem está lendo).

Em uma das vidas ele assume a identidade de Bailey, filhotinho resgatado por Ethan, e desde então acredita que sua missão de vida é ficar perto do “menino” (maneira pelo qual o cachorro chama Ethan em alguns momentos). E achei muito bonitinha a mensagem no final quando ele percebe que seu verdadeiro propósito seria encontrar e salvar Ethan. O que mostra que realmente um cachorro (um animalzinho no geral) é capaz de nos resgatar as vezes de nossas angústias e próprios medos.

Infelizmente essa não é a mesma opinião que eu tenho da adaptação do livro (que se eu não me engano foi lançado no ano passado e não farei post sobre ele aqui) que acabou até ignorando um pouco a mensagem bacana que o W. Bruce Cameron passou no decorrer das 288 páginas.

Como eu tinha recém terminado A Menina Que Roubava Livros (com resenha em breve) precisava ler algo que fosse leve e rápido e Quatro Vidas de Um Cachorro cumpre bem esse propósito. Fiquei um pouco decepcionada com o final, o que me impede de favoritar o livro, mas no geral foi uma leitura muito válida e recomendo demais para todos que gostam de cachorros.

 

Por hoje é só
Um beijo no queixo
Annie Bitencourt

 

Ps.: Se você chegou até aqui dá uma passadinha no meu perfil do Recanto das Letras e leia minha nova história: Perfurado (NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS)