Resenha: O Morro dos Ventos Uivantes

Tinha escrito essa resenha antes de terminar o livro, mas como já tinha assistido as adaptações e lido várias resenhas sobre ele acabei sabendo toda a história. Hoje finalmente o terminei.

IMG_20151003_162356

Decidi já escrever a resenha sem antes mesmo terminar de vez o livro porque já sei a história completa.
Para começar o livro traz o romance sofrido entre Heathcliff e Catherine Earnshaw (personagem mais chata do livro na minha opinião). O primeiro foi adotado pela família de Catherine, e praticamente sofreu bullying a vida inteira, até mesmo antes de adulto.
Os dois se apaixonam porém Catherine escolhe casar-se com Linton por causa do dinheiro (inimigo de Heathcliff), ao invés do seu grande amado. E isso causa uma frustração geral. Tanto por parte de Catherine, como de Linton e Heathcliff. Então vem várias brigas, invejas, ciúmes e vingança. O amor, outrora sentimento inicial da trama, é deixado de lado e começamos a nos deparar com um drama sombrio, da metade para o final do livro.
Catherine acaba morrendo o que traz mais sofrimento a Heathcliff. Que possuído pelo desenho de vingança por todos que o humilharam acaba tratando todos mal. Inclusive os filhos de seus inimigos, e seu próprio filho. Depois de tanto sofrer Heathcliff no final acaba se matando por não aguentar viver sem sua amada.
A história é muito linda, com algumas coisas muito clichês, mas muito linda. Se você se coloca no lugar de Heathcliff acaba meio que sofrendo junto com ele.
Eu passei o livro inteiro desejando que parassem de chamar Heathcliff de demônio e passassem a compreender o que ele sentia, ou deixou de sentir.
A escrita, embora perfeita no sentido técnico, é massante. Tinha horas que eu pensava seriamente eu desistir do livro e passar pra outro porque não aguentava o excesso de intrigas desnecessárias e detalhes que não eram importantes para a trama.
No geral é um bom livro. Essa edição bilíngue é maravilhosa. Se você tem paciência para coisas estilo novela mexicana irá amar e se emocionar com o livro. Caso contrário será frustração na certa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *