Pequeno Demônio (Vai Uma Pipoquinha Aí?)

O filme da semana é Pequeno Demônio da Netflix

 

Elenco: Adam Scott, Evangeline Lilly, Owen Atlas, Bridget Everett
Direção: Eli Craig
Data de Lançamento: 01 de Setembro de 2017
Sinopse: Gary (Adam Scott) é um homem que consegue se casar com a mulher de seus sonhos. Ainda por cima, ele tem a sorte de se tornar padrasto de um adorável menino de seis anos (Owen Atlas). O problema é que Gary descobre que o filho de Samantha (Evangeline Lily) pode ser o anticristo.

 

RISCO DE SPOILERS

 

O filme tem uma premissa muito bacana, a primeira vista ele parece ser um filme de pura comédia sátira tipo Todo Mundo em Pânico, por exemplo. Porém, ele passa longe disso.
Eu gostei bastante do filme justamente por ele não ter sido essa comédia toda que eu esperava. Não vou falar aqui sobre a parte estética do filme pois não é pra isso que ele serve. Na verdade o filme não tem intenção nenhuma de ser bem feito (é um filme bobo de sessão da tarde).
Dá pra se divertir e dar risadinhas baixas principalmente se você pega as referências de outros filmes que eles jogam na tela. E no final vem a surpresa. Ele larga um pouco as referências e tenta caminhar com as próprias pernas ao fazer uma espécie homenagem a paternidade.

 

Pra mim o filme funcionou bem, dei umas risadinhas e fiquei feliz no final de ver aquele padrasto fazendo de tudo para salvar a vida do garoto e abraçando de vez a paternidade. Um destaque bacana no filme é o grupo de padrastos, principalmente Al (com interpretação de Bridget Everett) que tem duas menina gêmeas (fazendo aquela referência as gêmeas de O Iluminado) e uma cabeça bem maluca haha

Recomendo para quem quer se distrair um pouco de um dia difícil e que esteja a fim de não matutar muito sobre roteiro ou fotografia, direção e etc.

 

Nota: 6.0

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *