2018 Annie Filmes

Venom / FILMES

Venom

Direção: Ruben Fleischer
Elenco: Tom Hardy, Michelle Williams, Riz Ahmed

Sinopse: Eddie Brock (Tom Hardy) é um jornalista que investiga o misterioso trabalho de um cientista, suspeito de utilizar cobaias humanas em experimentos mortais. Quando ele acaba entrando em contato com um simbionte alienígena, Eddie se torna Venom, uma máquina de matar incontrolável, que nem ele pode conter.

Eu estava com um hype gigantesco para esse filme. Queria muito ter visto no cinema mas ou não tinha tempo ou nunca tinha dinheiro. Além de muita gente comentar a respeito desse filme, tanto de um lado negativo quanto positivo, o fato de ter um dos meus atores favoritos pesou bastante para eu querer assistir ao filme (Mad Max, que eu odiei, assisti só por causa do cara e ele mal tem falas).

Então comecei a ver cada vez mais críticas negativas. E passei a ficar mais desanimada com o filme. Mas eu via eu trailer e ficava empolgadérrima de novo.
Na maioria das vezes eu costumo ignorar opiniões alheias de filmes e decido ver por conta própria (não ignoro totalmente porque de certa forma me salva de ver filmes realmente ruins). Fiz isso com Esquadrão Suicida, que se provou ruim, fiz isso também com Superman e minha nossa que filme chato. Mas também ignorei críticas para O Segredo da Cabana e esse se tornou meu queridinho da comédia/terror.

Era óbvio que com Venom eu faria isso novamente. E sendo bem honesta o filme não me decepcionou. Claro que eu esperava muito mais. Talvez algo do nível de Deadpool (obrigada Ryan Reynolds!) mesmo sabendo que a classificação etária era 14.
O filme diverte. Se você não o levar totalmente a sério (tipo em Deadpool) vai simpatizar bastante. Mas antes de qualquer coisa guarde toda sua paixão pelos quadrinhos e esqueça do Spider Man.

Venom é comercial. É um filme que quer vender bilheterias e não esconde isso do público. Ele pega um nome popular e tira dinheiro com isso, e está ótimo porque o filme cumpre com o propósito de divertir o telespectador.

Tom Hardy, com seu carisma, carrega boa parte do filme nas costas. Michelle Williams está ali um pouco inútil mas não incomoda. Agora Riz Ahmed, achei sem propósito. Não é um vilão que convence. Não tem carisma ou elegância e charme. E senti o ator um pouco desconfortável no papel. 
A participação do Stan Lee deu uma dorzinha no coração. E a cena pós crédito – com Woody Harrelson – me deixou bastante curiosa a respeito do Carnificina.

Gostei bastante do filme, por um momento cheguei a pensar que seria do mesmo nível de Esquadrão Suicida mas acabei me divertindo.

Por hoje é só!
Annie Bitencourt